Guimagüinhas
Memórias familiares e de minha terra natal
Meu Diário
25/06/2019 08h33
MEMÓRIAS DE AGUINHAS - A vila de Águas Virtuosas e seu Parque das Águas em 1908

Ilustração: Cromo. Vista da área central de Águas Virtuosas de Lambari. Reprodução.


SUMÁRIO


Apresentação

Como já vimos aqui no site GUIMAGUINHAS, 



Como sabemos, deve-se a Américo Werneck, o primeiro prefeito de Águas Virtuosas de Lambary (1909/1911), a realização das obras de remodelação, melhoramentos e aformoseamento de nossa cidade.

Mas como era a vila de Águas Virtuosas e seu Parque das Águas antes dessas obras?

É o que veremos a seguir.

Vamos lá.

Voltar


A vila de Águas Virtuosas em 1908

Na edição de 13 de abril de 1908, o jornal O Rebate, de São Paulo, fez uma descrição da Vila de Águas Virtuosas, cujos pontos principais vamos comentar logo a seguir.

Confira o texto do periódico paulista:


Reprodução. Fonte Anuário de Minas Gerais de 1913, págs. 247/48

Voltar


Comentários

A reportagem acima foi feita como propaganda de Águas Virtuosas de Lambari, em face das melhorias realizadas no Parque das Águas pela Empresa de Água Minerais Lambari – Cambuquira, que explorava as águas de Lambari, mediante contrato assinado em 28 de janeiro de 1895.

Essas melhorias se deram no recinto do Parque das Fontes, incluindo:  Balneário, Cassino, Pavilhão das Fontes, Galpão de engarrafamento e maquinário.

Em 1904, deu-se a liquidação da Empresa de Água Minerais Lambari – Cambuquira e o seu patrimônio foi encampado pelo Governo do Estado em 18 de maio de 1906.

Vejamos os pontos principais da reportagem do jornal O Rebate. 

Em frente!


"Bacia ampla e verdejante"

Vista do centro da vila de Águas Virtuosas, ainda com o traçado antigo, que viria a ser reformulado na gestão do prefeito Américo Werneck.


Centro de Águas Virtuosas de Lambary, com a ermida de N. S. da Saúde ao alto

Vista do Parque das Águas, início dos anos 1900. No coreto, à esquerda da foto, seria construída a fonte luminosa (anos 1940)

Voltar


"Parque das Águas e jardins"

Vista do Parque das Águas, jardins e coreto, conforme descrito acima:

Vista das fontes, jardins e coreto do Parque das Águas. Ao alto, a ermida

Coreto octogonal no Parque das Águas

Voltar


"O balneário no Parque das Águas"

O balneário existente no Parque das Águas de Águas Virtuosas, no início dos anos 1900


"O cassino no Parque das Águas"

No início dos anos 1900, funcionava um cassino no recinto do Parque das Águas.

Vista interna do Pavilhão das Fontes. Ao fundo, à esquerda da foto, vê-se o antigo cassino existente no Parque das Águas.


"O engarrafamento das Águas"

Por essa época, a exploração das águas minerais era feita pela Empresa de Água Minerais Lambari – Cambuquira.

Ao fundo, à esquerda:o galpão de engarrafamento das águas

                     

As máquinas de gaseificação e engarrafamento das águas

Voltar

 


Referências

Voltar


 

Publicado por Guimaguinhas
em 25/06/2019 às 08h33

Espaço Francisco de Paula Vítor (Padre Vítor)

 

Aprendizado Espírita Net

 

 

E-BOOKS DO AUTOR NA AMAZON/KINDLE R$ 1,00
As Águas Virtuosas de Lambari e a devoção a N... R$ 1,00
Os Curadores do Senhor R$ 20,00
Abigail [Mediunidade e redenção] R$ 20,00
Menino-Serelepe R$ 20,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras

Formas de interação com o site GUIMAGUINHAS

- Contato com o site - clique o link e envie sua mensagemhttp://www.guimaguinhas.prosaeverso.net/contato.php

- Contato com o autor - envie mensagem para este e-mail: historiasdeaguinhas@gmail.com

- Postar comentários sobre textos do site - utilize esta ferramenta que está ao pé do textoComentar/Ver comentários 

- Enviar textos: utilize acima: